sábado, 30 de agosto de 2014

É o fim

Mas também um novo começo!
Faz mais de um ano que estou tentando voltar a escrever e lendo meus posts percebi que estou diferente, num momento diferente... q infelizmente esse bloguinho que tanto me ajudou não é mais o que sou...

Triste, né?

Mas não queria exclui-lo, e não vou, pq qdo leio o que escrevi, o que me escreveram fico bem contente, foi uma época muito legal e queria conquistar esse sentimento de novo... como?

Com um novo blog josiefonseca.blogspot.com

Se quiser, faz uma visita, porque A Vida se Escreve!

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Isso não é um novo começo...

Estou totalmente disposta a voltar pra cá. Sem dramas, sem reclamações, apenas falar sobre como anda a minha vida... tentando ver as situações difíceis com bom humor.

Chega de choramingar, chega de usar essa ferramenta, que me ajudou tanto, apenas pra reclamar... Ela vai voltar a ser usada para o seu motivo inicial: Emagrecer!

Vou escrever e contar, pra quem se interessar, sobre tudo o que anda acontecendo, minha vida de mãe, cozinheira experimental (minha paixão), as coisas que leio, escuto, assisto, aprendo e que me interessam. Mas sempre com bom humor.

Emagrecer??? Sim, é isso que espero, mas vai ser um processo, não um milagre, se vai ser lento ou rápido, isso não sei... apenas sei que vou me esforçar, sem datas, sem cobranças... apenas ficando saudável.

Meus objetivos estão ai do lado, a primeira meta de peso ai em cima. Qdo vou chegar lá só vai depender de mim.

Se vc estiver interessado em me acompanhar essa jornada, ficarei muito feliz!

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Desabafo...

imagem daqui

Pois é, esse lugar virou realmente um lugar pra desabafos e só....

Pobre bloguinho abandonado... eu fico comendo meus sentimentos, aguentando firme (como prego na areia)   e qdo vejo, estou aqui contando apenas problemas... desculpa bloguinho, não faço por mal, sou uma pessoa desobediente, que sabe qdo deve mudar, que já deveria ter aprendido depois de tantos sofrimentos, mas não... prefiro continuar comendo tudo e ficando cada vez maior!!!

Gostaria de ser diferente, de ter uma atitude diferente, mas ainda não foi dessa vez... O que tem dentro de mim nesse momento é uma raiva muito grande. Muitas vezes acho que é sem motivo, outras acho que tenho todas as razões do mundo pra ter raiva... e acabo comendo por tudo.

Queria ter amigos, poder ter alguém pra conversar, mas a pessoa que mais se dizia minha amiga se afastou de mim sem motivo aparente... achei que com a chegada do meu filhote (que no momento é o meu maior motivo de felicidade) a gente ficaria mais unida, ele teria uma tia próxima (já que meus pais e irmãos moram longe), mas não, foi exatamente o oposto. Fiquei me sentindo abandonada, por estar passando dificuldades financeiras e familiares, parecia que não servia mais pra estar em seu grupo de amigos... 

Ainda fico me perguntando por que? Certas coisas as pessoas nunca serão capazes de me responder... Ela poderia dizer que mudei... claro que sim! Eu tive um filho, eu parei de trabalhar, fiquei enfiada (contra a minha vontade) na casa dos meus cunhados, passando por humilhações diárias, consegui terminar o quarto do meu bb qdo ele já estava com 6 meses!!! Muita frustração junto com a loucura que ficam seus hormônios qdo seu bb nasce... mas ela poderia ao menos conversar comigo, e não ficar apenas naquela conversa fria dos encontros casuais... 

Não imaginava que sentiria tanta falta de ter ela como amiga, mas bateu lá no fundo... já chorei muito, comi muito, briguei com o marido, orei, já quis mudar de igreja... mas nada ainda tirou essa raiva que me consome.

Queria me sentir feliz de novo, pq eu sou, mas não consigo sentir isso... queria ter uma atitude diferente, mas sinto como se meu chão sumisse cada vez que eu tento! COVARDE! Eu grito dentro de mim todas essas vezes....

Vou tentar voltar a escrever... a vida corrida de mãe (principalmente as de 1a viagem, como eu) não dá muita oportunidade de cuidar de si mesma, fazer as coisas pra si, ele que decide tudo o que eu faço... e não estou falando de mimos não, estou falando que não decido qdo acordo ou durmo, qdo posso tomar banho ou até lavar a roupa, só sendo mãe pra entender o que estou dizendo!!!! 

Mas preciso, principalmente agora que não tenho ninguém mais...

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

As coisas acontecem e o tempo passa...

Hi people!!!
Sumida há muito, certo? Como estão vcs?
Infelizmente, não tenho tido mais tempo de visitá-las, mas trago novidades e das melhores!
Meu último post foi um grande desabafo, e as coisas mudaram um pouco desde então, por um lado, por outro transformou-se e se tornou uma nova etapa da minha vida... desconhecida, mas muito gratificante e extremamente emocionante!!!
Vamos parar de enrolação e contar logo, pleaseee!
Estou com 31 semanas de gestação de um garotão, planejado para chegar em Novembro ou assim que ele resolver aparecer!!! =D
Logo depois do post desabafo, descobri que meu primeiro rebento estava a caminho... os enjoos denunciaram antes de qualquer outro sintoma. E ele nem foi tão planejado assim, mas Deus sabe que o ser mais ansioso do mundo, então mandou o Miguel (sim, esse é o nome dele) meio assim de repente!
Passei muito mal, até o quarto mês, quase parei de trabalhar, já que faltava mais do que ia! rsrsrs Mas o pessoal da escola em que trabalho foi bem compreensivo e continuo por lá até o final desse mês.
A vida mudou por completo, afinal ser mãe e estar acima do peso requer seus cuidados... primeiro, tive que diminuir meu ritmo de trabalho, estava trabalhando quase 12h por dia, nada de estress, e infelizmente, nada de atividade física (recomendação médica)... por outro lado, alimentação melhor, de 3 em 3 horas, bem saudável e incríveis e modestos 8kg de ganho de peso até o presente momento! Até a médica elogiou... mas agora estou tomando mais cuidado, pq minha pressão sanguínea (que sempre foi muito baixa) está subindo um pouquinho e preciso ficar atenta!
Mas, está sendo a melhor experiência pela qual passei... uma vidinha crescendo aqui dentro desta pancinha, que já reclamei muitas vezes, a primeira mexidinha, hj em dia os chutes a qualquer momento do dia, Miguel é grande e forte, o suficiente pra me acordar durante a noite com seus delicados chutes! kkkkkkkk
Já ando me sentindo cansada, dormindo mais do que deveria, mas esperando ansiosa o dia que vou ver a carinha desse menino que já amo tanto!
Sei que demorei muito pra contar a novidade pra vcs, espero que me perdoem, mas é que tantas coisas estão acontecendo na minha vida... só que hj resolvi que não poderia passar!
Ai, estou cada dia mais emotiva!!!
Uma boa semana pra vcs e assim que der passo para uma visitinha!

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Balanç(O)

To a fim de gritar!!!
Lembrei desse cantinho... preciso desabafar... é por isso que estou aqui.
Meu últimos meses tem sido difíceis, amanha é meu aniversário... 32 aninhosss mal posso acreditar!

E hj confirmei uma certeza que sempre tive... Deus TUDO sabe!
Tinha planos para esse ano (sei que ele acabou de começar, mas já começou DAQUELE jeito!), tinha planos para o meu aniversário, afinal fazia muitooo tempo que eu não comemorava de VERDADE!!!

Mas, Deus tinha outros planos pra mim... ainda não os conheço, mas SEI que Ele os têm.

Gente, é desabafo mesmo...

Por que descobrimos, que aquelas pessoas que chamamos de "amigos", não são nada disso, apenas nos momentos difíceis?

Por que percebemos que aquelas que pouco conhecemos ou convivemos se importam com a gente, mais ainda do que imaginávamos?

Estou a poucas horas de completar minhas 32 primaveras e fico me perguntando: Por que continuo ao lado de pessoas que sempre me fazem mal? Por que não abro minhas asas e voo para bem longe desse tipo de gente que só se importa com vc quando interessa?

Fico com esses "por ques"... assim, por enquanto sem respostas... bem que Deus poderia deixar um comentário nesse post, com a resposta para todas essas perguntas...

Fiquem bem... eu vou tentando... e juro que tenho realmente tentado!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

É a vida...

Pois então minha gente...
Obrigada pelos comentários do último post, eles me ajudaram muito!
Mas sabem como é (acho que vcs me entendem melhor que muitos outros), realmente aconteceram umas coisas chatas, mas eu vim aqui, desabafei, vcs me ouviram e PASSOU!!!
As coisas estão bem melhores, maridão inclusive está entrando no ritmo! lol
O maior problema agora é a falta de tempo... pra vir aqui contar as novis pra vcs!
Vida de professor é uma dureza viu... estou dando aulas quase o dia todo, e no tempo livre que tenho cuido da casa (que ainda está meio bagunçada), faço pilates com meu DVD, e preparo aulas, corrijo lições... rsrsrs
A alimentação está quase que totalmente boa, tenho me esforçado bastante durante a semana, mas o fds ainda está muito largado... demais, entendem? Me dou o direito de comer coisas diferentes no fds, mas as vezes acabo exagerando...
Tenho ouvido alguns comentários de que estou mais magra, mas ainda não subi na balança pra confirmar... algumas roupas estão realmente mais largas (nada que dê pra aposentar alguma peça) estou conseguindo usar minhas calças jeans sem ficar com o look "muffin"... se é que vc me entendem!!!
Vou fazer o maior esforço para vir aqui mais vezes!

HAPPY SABBATH EVERYONE!

E um FDS maravilhoso!

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Por onde eu andei...

Imagem retirada daqui
Queria ter o bom humor da Aline *Virtus*, mas...
"Isso é uma vergonha!" diria Datena (rsrs nem sei se é ele mesmo que fala isso!)
É ruim vir aqui e dizer que eu fiz tudo errado, mas foi exatamente o que aconteceu... não vou dizer que fiquei contente por mais uma vez ir pelo caminho errado, mas me "acabei" em coisas que deveriam ser apenas "eventos especiais" da minha vida.
Estou começando a pensar que realmente preciso de ajuda profissional... essa autosabotagem não pode ser normal. Queria minha mãe comigo... ela me apoia tanto!
Estou chateada com meu marido, ele fica repetindo pra todo mundo que eu to comendo isso ou aquilo e vivo de "mato" (ele fala assim mesmo... aff) o que não é nada de verdade... me sinto a ET do grupo e acabo me "rendendo" ao que vier pela frente...
Ele não quer me ajudar em nada... a vontade que tenho muitas vezes é de sair daqui... falta de apoio dentro de casa ninguém merece!
Vou continuar tentando, caindo e levantando, mas nunca desistindo!
Obrigada pelo apoio que encontro por aqui!